Publicado originalmente em 1907, em uma coletânea de grande variedade métrica e temática, O canto errante é o primeiro dos 46 poemas que compõem o livro a que dá nome. Nele, figuram explicitamente algumas das características que marcaram a poética modernista, como o poeta cidadão do mundo, a referência a imagens, a aproximação da literatura com a música, ou a métrica marcada pela renovação e pela experimentação. As ilustrações da artista argentina Eleonora Arroyo integram-se perfeitamente à obra, convidando o jovem leitor a um primeiro contato com a poesia e a arte como forma de apreensão do mundo, sem barreiras no tempo e no espaço, em um ambiente de imaginação e de reflexão.

O poeta vai por todo o mundo, sorridente ou meditabundo.

 

Autor: Rúben Darío

Editora: Movimenta

Ano: 2014

Acabamento: Capa dura

Canto Errante, O

R$59,00
Canto Errante, O R$59,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

Publicado originalmente em 1907, em uma coletânea de grande variedade métrica e temática, O canto errante é o primeiro dos 46 poemas que compõem o livro a que dá nome. Nele, figuram explicitamente algumas das características que marcaram a poética modernista, como o poeta cidadão do mundo, a referência a imagens, a aproximação da literatura com a música, ou a métrica marcada pela renovação e pela experimentação. As ilustrações da artista argentina Eleonora Arroyo integram-se perfeitamente à obra, convidando o jovem leitor a um primeiro contato com a poesia e a arte como forma de apreensão do mundo, sem barreiras no tempo e no espaço, em um ambiente de imaginação e de reflexão.

O poeta vai por todo o mundo, sorridente ou meditabundo.

 

Autor: Rúben Darío

Editora: Movimenta

Ano: 2014

Acabamento: Capa dura